Nossa Senhora da Assunção e São José


9 de Janeiro

André nasceu no século XIX, dentro da família Corsini, muito conhecida em Florença. Apesar do empenho de seus pais em lhe oferecerem educação de qualidade, o filho perdeu sua juventude com caminhos contrários aos do Senhor. Quando André tinha apenas 15 anos, sua mãe chegou até a desabafar:  “Filho, você é, de fato, aquele lobo que eu sonhava”, mas, ela completou dizendo: “Este lobo entrava numa igreja e se transformava em cordeiro”. Como em uma profecia, o sonho da mãe de André realmente se cumpriu. Aos pés de uma imagem de Nossa Senhora, ele recebeu a graça da conversão e logo se direcionou ao provincial carmelita em busca de iniciar a vida religiosa. Assim, um menino que antes trazia tristeza para os seus pais, passou a buscar com ardor o caminho do Senhor. Obediente à regra, em vida de oração e intensa penitência, Santo André Corsini também se colocou a serviço dos doentes, dos pobres passando por diversas humilhações, mas crescendo em santidade. Santo André foi então ordenado Padre, e mais tarde, recebeu a graça de ser ordenado Bispo de Fiesoli. De início, ele não aceitou, mas através dos diversos sinais de Deus, e de um anjo que lhe apareceu sobre forma de criança, André não teve como escapar. A partir de então, ele desempenhou bem a sua missão episcopal e foi um santo bispo! No dia da epifania do Senhor, em 1374, Santo André alcançou em fim o Céu e a eternidade junto de Deus! 
“Posto que sou todo teu, ó Virgem, te servirei fielmente dia e noite. Mas tu roga a teu piedosíssimo Filho a fim de que se digne a perdoar os pecados de minha juventude e adolescência, em troca, eu me esforçarei em agradar a ti e a teu Filho, tanto mais, quanto os tiver ofendido no passado”.

(Fonte : https://www.santateresinhahigienopolis.org.br/noticia/santo-andre-corsini)